Halloween Costume ideas 2015

Ronaldo Leite news

Inhambupe (site em edição)

Notícias Recente

Eder - Espaço de dança e ballet que há três anos atua em Entre Rios e Esplanada agora estará em Inhambupe com um ballet pedagógico e de qualidade. É o método Royal Academy of Dance diretamente de Londres, e tem por objetivo atender crianças a partir dos 03  anos sem limite de idade para fazer o sonho de ser bailarina tornar se realidade.

A Professora Patrícia Ramos, juntamente com as monitoras, Paloma, Luize, Tairine Souza e Larissa Pereira traz uma proposta de ajudar a alavancar a cultura inhambupense com esse ensino maravilhoso que encanta o mundo. As aulas serão de grande qualidade.

A equipe EDER esteve no último dia 18 na câmara de vereadores de Inhambupe, com uma reunião explicativa e uma linda apresentação.

FIQUEM ATENTOS
VAGAS LIMITADAS


Informações pelos fones whatsApp (75) 99959-3767 ou (75) 99946-5644 | RL NEWS

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 18 de janeiro, a suspensão da transferência de recursos financeiros do Componente de Vigilância Sanitária, do Bloco de Vigilância em Saúde, a mais de mil Municípios. A suspensão se deve a irregularidades quanto ao cadastro dos serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e à informação da produção da vigilância sanitária no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS).

O bloqueio suspende a transferência dos recursos financeiros do Componente de Vigilância Sanitária, que diz respeito aos pisos fixos de vigilância sanitária, do Bloco de Vigilância em Saúde. O repasse, referente às parcelas um a quatro de 2017, foi suspenso para Municípios irregulares no monitoramento realizado em 15 de dezembro de 2016.

Segundo a portaria, os Municípios que foram considerados irregulares estavam: (i) sem cadastro ou considerados "inconsistidos" pelo Serviço Especializado de Vigilância Sanitária no SCNES, conforme anexo da portaria publicada; (ii) em situação irregular quanto à informação da produção da vigilância sanitária dos meses de junho a outubro de 2016, apresentando três meses consecutivos sem informação no SIA/SUS, conforme anexo III da portaria. Vejam a publicação AQUI

No Estado da Bahia, 87 municípios tiveram os recursos suspensos. Na região, o Diário cita os municípios de Aporá e Esplanada.| cnm - Fotos do google  

O prefeito de Inhambupe Fortunato Costa (PPS) enviou ao Banco na tarde de ontem (17), a folha de pagamento referente ao mês de dezembro/2016. Todos os mais de 1200 servidores aguardaram ansiosos nos últimos 17 dias para que seus salários fossem depositados.

O RL News e aplicativos de redes sociais divulgaram quais os motivos que levaram a prefeitura não pagar a folha até o dia 31 de dezembro/2016.

No dia 30 de dezembro/2016 em reunião com secretários, a gestão anterior disse que a folha estava pronta, e com uma parte dos valores em conta, mas como estava aguardando os valores da repatriação ainda serem depositados no dia (30) e com o banco fechado, não seria possível efetuar o pagamento, deixando para o próximo gestor. Veja a matéria - salários de dezembro serão pagos até seis de janeiro de 2017

Nos últimos 17 dias, a atual administração se empenhou e esteve aguardando a morosidade do Bando do Brasil em fornecer a senha para que o gestor fizesse as devidas transações financeiras.  Veja a matéria - Inhambupe e dezenas de municípios aguardam acesso às contas dos novos gestores

Enfim... nesta manhã de quarta-feira(18) os servidores municipais de Inhambupe acordaram com seus proventos em conta, - servidores efetivos, contratados e comissionados referente ao mês de dezembro/2016. Até sexta (20) todos os salários deverão ser quitados.


O Sindserpi - Sindicato dos Servidores Públicos do município de Inhambupe,  atuou nos últimos 12 meses para que os servidores tivessem seus direitos adquiridos, entre outras conquistas, este salário de dezembro/2016 saiu com um aumento de 10,67% referente as perdas salarias de 2015. Todos os servidores que ganham acima do mínimo foram assistidos. Foi o último compromisso do Sindserpi  acordado com a gestão anterior, ex-prefeito Benoni Leys, para com os servidores. Direitos  estes que continuarão a serem assistidos. 

Veja estas matérias:

O Prefeito de Inhambupe, Fortunado Costa (PPS) e sua vice Izabel Silva (PRTB) participaram deste encontro. O município estará entre os quais serão atendidos pela Policlínica cuja sede será em Alagoinhas. 

Em reunião realizada na segunda-feira, 16 de janeiro 2017, com prefeitos da região, o governador Rui Costa autorizou a licitação das obras de construção da Policlínica de Alagoinhas. A unidade será gerida por meio do Consórcio Público do Território Litoral Norte / Agreste Baiano em uma parceria entre os municípios e o Estado.  

O governador solicitou aos prefeitos que enviem imediatamente ao legislativo local o pedido de autorização para compor o Consórcio. Com investimento em torno de R$ 20 milhões, na construção e em equipamentos, a Policlínica de Alagoinhas vai funcionar atrás da Câmara de Vereadores, na Avenida Luiz Viana, atendendo 18 municípios com cerca de 30 especialidades médicas, além de realizar exames e biópsias. As obras devem ficar prontas em fevereiro de 2018. 

O Prefeito de Inhambupe, Fortunado Costa (PPS) e sua vice Izabel Silva (PRTB) participaram deste encontro. O município estará entre os quais serão atendidos pela Policlínica cuja sede será em Alagoinhas.    

A Policlínica Regional de Alagoinhas deve garantir consultas especializadas gratuitas em Angiologia, Cardiologia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Mastologia, Neurologia, Otorrinolaringologia, Oftalmologia, Urologia, Ginecologia, Ortopedia, podendo ampliar para Pneumologia, Reumatologia, Hematologia e Dermatologia.| Com informações e foto da secom/Ba

A prefeita de Cardeal da Silva, Mariane Mercuri, juntamente com outros prefeitos e representantes da pasta da saúde dos municípios da região de Alagoinhas se reuniram na última segunda feira 16, com o governador Rui Costa, para discutir a adesão dos municípios ao Consórcio Regional de Saúde do Território de Identidade Litoral Norte e Agreste Baiano. Na oportunidade, o governador Rui Costa assinou a autorização para licitar a construção da policlínica em Alagoinhas. A obra está orçada em R$20 milhões, entre obra e equipamentos que serão assumidos integralmente pelo Governo do Estado. Já a manutenção será compartilhada entre o Estado, que financiará 40% dos custos, e os municípios consorciados, que vão cobrir os 60% restantes, proporcionalmente à sua população. O custo de investimento dos municípios será de R$1,00 por habitante “Estamos construindo um novo marco da saúde pública na Bahia, pensada, planejada e executada de forma coletiva, por cada região, garantindo qualidade de atendimento e rapidez a um custo mais baixo para os municípios”, afirmou Rui. 

Segundo ele, até o ano que vem, mais de cinco milhões de baianos já estarão sendo atendidos em policlínicas regionais. A prefeita Mariane Mercuri, que é médica, avaliou a importância do investimento para os municípios da região“ O investimento para o nosso município não será tão alto, em relação aos resultados esperados nesta parceria”, comentou. Acrescentando, “que dentro das especialidades oferecidas no consorcio, Cardeal da Silva ganhará muitos mais serviços a oferecer à população”, afirmou. Estiveram presentes os prefeitos das cidades de Acajutiba, Alagoinhas, Aramari, Araçás, Aporá, Cardeal da Silva, Crisópolis, Catu, Entre Rios, Jandaíra, Inhambupe, Itanagra, Itapicuru, Ouriçangas, Pedrão, Rio Real além de Sátiros Dias. Texto e Fotos: ASCOM Cardeal.

Brasil - O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou nesta quarta-feira que o governo disponibilizou mil homens das Forças Armadas para atuar em operações nos presídios, mas que o número pode aumentar dependendo da necessidade dos governos estaduais. O orçamento inicial é de 10 milhões de reais.

Equipes das Forças Armadas atuarão, segundo o governo, em varreduras nos presídios e não terão contato com os detentos, que deverão ser remanejados pelas polícias estaduais para permitir a atuação dos militares, que ocorrerá “de surpresa” . “A previsão é de mil homens em trinta equipes, que atuarão por demanda, conforme os Estados solicitarem. Portanto, esse número pode crescer”, afirmou.


A decisão de usar os militares no combate à crise carcerária foi tomada pelo presidente Michel Temer na tarde desta terça. O ministro acredita que os governos da Região Norte, de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul pedirão atuação das Forças Armadas, mas nenhum deles solicitou ajuda até o momento. Na tarde desta quarta, Temer tem reunião com os governadores de Rondônia, Acre, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Pará e Tocantins.|Veja - Foto: Andressa Anholete/AFP

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Blog Ronaldo Leite . Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget