Acordo tenta eleger Paulo Azi como próximo presidente do Conselho de Ética

 


Um acordo entre lideranças na Câmara dos Deputados tenta eleger Paulo Azi (DEM) como o próximo presidente do Conselho de Ética da Casa.


A fonte consultada pela reportagem aponta que o poder do colegiado deve continuar mesmo com o Democratas. Atualmente, quem preside o Conselho é o deputado Juscelino Filho (MA).

Azi, que preside o DEM na Bahia, assumiria o cargo em um momento em que o Conselho de Ética está em destaque. O deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), preso por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) após incitar violência contra os ministros, pode ser cassado pelo colegiado.

Outro caso de destaque a ser julgado pelo Conselho é da deputada Flordelis (PSD-RJ). Ela é acusada de mandar matar o próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019. Ela nega as acusações.

Reunião

Os deputados se reúnem pela primeira vez em meses após a suspensão das atividades nesta terça-feira (23), para analisar o caso do deputado bolsonarista.

O colegiado analisa a situação de Daniel Silveira ainda com a composição da antiga legislatura. Porém, a nova eleição está prevista para ocorrer em meados de março.

Outros baianos já presidiram o Conselho de Ética, como Elmar Nascimento (DEM) e José Carlos Araújo (PL).  Informações, bnews /  Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem