"no centro, o presidente da OAB Bahia, Fabrício Castro;
à direita, Thais de Faro, presidente da OAB Alagoinhas".
Na última semana, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) voltou a discutir proposta de desativação de aproximadamente 20 comarcas de entrância inicial em todo o Estado. Entre as unidades que poderão ser fechadas, de acordo com o TJ/BA, está a da cidade de Cipó, que também tem jurisdição sobre o município de Ribeira do Amparo, e integra a base territorial da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção Alagoinhas.

Segundo o Tribunal, a comarca de Cipó será agregada à vizinha Ribeira do Pombal, distante 31 km, e os seus servidores serão realocados para atuar na comarca agregadora.

Contrária a essa medida, a presidente da OAB Alagoinhas, Thais de Faro, esteve reunida, em Salvador, com o presidente da OAB Bahia, Fabrício de Castro, para tratar do assunto. No encontro, que contou também com representantes de outras subseções afetadas, o dirigente máximo da Ordem no Estado disse que a entidade vai se opor a mais essa tentativa de fechamento de comarcas, e reafirmará a campanha de “nenhuma comarca a menos”, discurso do qual também compartilha o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAAB), Luiz Coutinho.
Mobilizações organizadas por advogados, políticos e sociedade civil de Cipó e Ribeira do Amparo, reforçam o movimento contrário ao fechamento da Comarca, que conta com um abaixo-assinado eletrônico e stand’s para conscientização e orientação da população sobre o tema.
Além da presidente da OAB Alagoinhas e dos integrantes da diretoria, Marcelo Gallo, Márcio Medeiros, Kátia Almeida e Paulo Ott, as mobilizações vêm sendo articuladas pelo representante da Subseção na comarca de Cipó, Derkian Andrade;  delegado subseccional da CAAB, Vinicius Santos; coordenador geral dos representantes de comarca da Subseção, Diego Brandão; procurador jurídico do Município, Igor Ramaine; e pela advogada, Verbena Macedo, e advogados, Lino Gonzaga e Micael Vanelson.

Leia mais notícias em  RL News e siga nossa página no Facebook e Twitter 
RL News, você vê primeiro aqui! / Foto reprodução 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem