Em Inhambupe, vereador Gleibson Luís fez discurso forte e emotivo nas redes sociais

Neste domingo (15), o vereador Gleibson Luís (PEN) fez um desabafo no aplicativo de mensagens - whatsApp, e logo após saiu de vários grupos.

Nos últimos dias internautas e mobilizadores tem agitado as redes sociais devido a acontecimentos que envolver a administração publica e que interesse a todos.

Presenciando estes debates em vários grupos, o vereador fez um texto crítico aos que torcem para “ quanto pior, melhor ” e ponderou quando as dificuldades do município e os direitos do servidor.

Num texto de doze parágrafos, o parlamentar indagou-se o porquê de muitos torcerem para dar errado se os mesmos podem ser alvos das falhas e ressaltou o quanto a política pode ajudar e prosperar o serviço público e os menos favorecidos.

Veja na íntegra o discurso do vereador Gleibson Luís nas redes sociais:

Não consigo entender, pelo fato de questões políticas existirem pessoas que ficam torcendo por vê nosso município a cada dia em situação difícil.

Somos todos conterrâneos, todos com o mesmo intuito de vê nossa cidade se desenvolver, crescer, dá oportunidades para nossos filhos, ter orgulho dos nossos!

Precisamos tirar o ódio dos nossos corações e acreditar em dias melhores. Entendo sim que a oposição é importante e saudável. Gostaria de vê  a administração, seja da atual gestão ou das futuras com o pensamento que é preciso que uma administração municipal tenha sucesso e possa trazer progresso para nossa terra. Isso só trará melhoria de vida e qualidade de serviços para todos nós.

Em ano de eleição precisamos deixar de lado as ofensas e mostrar o trabalho a seriedade e compromisso com o povo que é melhor para a nossa cidade, para o progresso. Uma vez existindo o vencedor das urnas que possamos respeitar a vontade da maioria e torcer que aquele em que o povo depositou a confiança possa fazer uma administração com êxito. Isso só trará melhores dias para todos.

Quando resolvi sair candidato a vereador foi por acredita que a política é a maneira que nós tínhamos para favorecer os menos favorecidos e trazer um trabalho sério e ajudar a nossa cidade e os munícipes que vivem aqui e fiscalizar e indicar  as necessidades do povo para o executivo e  buscar emendas junto aos deputados,tudo isso estou lutando para acontecer.

Não vivenciei no dia a dia as administrações de Benoni, Euberto Luiz e Benoni novamente, apenas escutava comentários.

Fico sem entender como é que muitos ainda ficam desejando que uma administração dê errada, para prejudicar seus conterrâneos, que pessoas que dispuseram de uma parte de sua vida, da sua saúde, do seu patrimônio para administrar nossa cidade e alguns torcem para que se “ferrem” para que se dêem mal!

É preciso iniciar nas escolas ensinando as nossas crianças que administrar a coisa pública não é para fazer favor a “A” ou a “B”, pagar uma conta de água ou luz, ou outra coisa qualquer. Que administrar um município é gerir os parcos recursos públicos com o pensamento no bem comum.

Sabemos que nesses últimos anos, como as desastrosas políticas de renuncia de receita de governo federal (isenção de impostos) com a falsa promessa de criar desenvolvimento e empregos, términos gerando uma crise inigualável em todo o país e principalmente nos municípios, onde as despesas só fazem aumentar e a arrecadação não acompanha esse mesmo crescimento.

Como é importante se tivermos servidores públicos bem remunerados, motivados e seguros que irão receber seus salários em dia e ainda que o município tenha condições de aplicar em ações de saúde, educação, ações de assistência social aqueles que mais necessitam infra-estrutura, saneamento e tantas outras.

Como é importante tratar aqueles que precisam de apoio do estado com mais cuidado, mas mostrando a estes que não deverão ficar o resto da vida na dependência do estado, que devem buscar uma forma de melhora de vida porque depender de uma cesta básica o resto da vida não traz dignidade a ninguém e o estado não pode mandar na vontade de ninguém e é por isso que precisamos conscientizar a todos que dependem de ações sociais da administração pública que precisam buscar o anzol para pescar e viver do seu próprio peixe e até melhorar de vida e não ficar o resto da vida somente querendo ficar na dependência.

Precisamos também mostrar as nossas crianças o mal que faz para todos o jeitinho, o se dá bem, o passar por cima do outro para conseguir o que quer, o fazer um “gato” de água, de luz, o não devolver o troco errado, não imaginar que aquele alguém ao encerrar seu trabalho no final do dia ao fazer a conferencia do seu “caixa” não tendo o montante correto vai ter que tirar do seu salário para pagar a empresa um valor que faltou...

É isso..., existem tantos assuntos para pensarmos, mas aí ficamos desejando o mal do outro, falando inverdades, fazendo fofoca, desejando o insucesso... Por isso peço desculpas a todos se ofendi mais estou saindo do grupo. Deus continue abençoando

SL 33 feliz a nação cujo Deus é o senhor!
Gleibson luiz

Leia mais notícias em  RL News e siga nossa página no Facebook e Twitter 
RL News, você vê primeiro aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.